O prefeito da Estância Turística de Olímpia, Fernando Cunha, decretou na manhã de ontem, domingo (19), luto oficial de três dias pelo falecimento do Monsenhor Antônio Sant’Climents Torras, de 90 anos.

Monsenhor Antônio, nasceu no dia 6 de março de 1929 em Serrateix, na Espanha. Sua vida foi marcada pelas guerras, quando ainda criança viveu os horrores da Guerra Civil Espanhola e mais tarde acompanhou a Segunda Guerra Mundial, eventos que o convenceram fortemente que seu ideal era servir a Igreja Universal sendo missionário.

Após falar com o bispo, que aprovou sua determinação, saiu em 1958 de Barcelona rumo ao Brasil para cumprir sua vocação. Tomou posse na Paróquia de Colina no final de semana de 25 de junho de 1958. Veio trabalhar na Paróquia de São João Batista, em Olímpia, apenas em 6 de dezembro de 1962, e iniciou o seu trabalho se encarregando principalmente da Catequese Paroquial na Matriz e em todas as capelas e escolas, inclusive as rurais. Sendo assim sua vida apostólica estava muito ligada ao trabalho com os jovens os quais são muito saudosos da época de ventura que viveram sob o auspicio da orientação do Pe. Antônio.

De lá para cá foram quase 60 anos de trabalho em que o querido Monsenhor Antônio realizou muitas obras na cidade, contribuindo material, espiritual e com ideias. Destas obras das quais sua participação foi imprescindível podemos destacar:

  • Fundação do Grêmio Estudantil
  • Incentivo ao recém fundado grêmio para fundar seu periódico o jornal “ALVORADA”;
  • Acompanhamento do CJC – Comunidade dos Jovens Cristãos;
  • Fundação da “Cidade Mirim de São João Batista” – A cidade da criança;
  • Missa Jovem;
  • Legião de Maria;
  • Fundação da Rádio Menina;
  • Construção da Capela de São José – Inaugurada em 1984
  • Construção da Matriz de São João Batista – Inaugurada em 1975
  • Construção de novos pavilhões no abrigo São José – Inaugurado em 1983
  • Construção do Centro comunitário da Santa Rita – Inaugurado em 1983

Durante seus anos de sacerdócio se manteve fiel à sua vocação religiosa, levando com entusiasmo a palavra de Deus. O luto oficial é uma forma de manifestação de tristeza e reconhecimento dos serviços prestados ao município. (fonte: Arquivo Público de Olímpia)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here