O carnaval da Estância Turística de Olímpia atraiu cerca de 50 mil pessoas, nas cinco noites de folia, no sambódromo montado no prolongamento da Avenida Aurora Forti Neves. O evento foi promovido pela iniciativa privada com apoio da Prefeitura, por meio das secretarias de Turismo e de Cultura, Esportes e Lazer.

Imagem de drone do CarnaOlímpia – praticamente todos os dias dessa forma

A Crystal Beer, marca oficial e exclusiva da festa, patrocinou o evento e trouxe para a cidade uma estrutura jamais vista nos carnavais, inclusive com camarote com capacidade para 1,5 mil pessoas.

O evento também movimentou a economia local gerando aproximadamente 400 empregos diretos e 300 indiretos com a organização. Além disso, a grade de shows foi destaque com bandas e duplas de sucesso e que arrastam multidões. Turistas de todo o país estiveram aqui, além dos moradores das cidades da região que vinham todas as noites e voltavam.

Secretário de Turismo Selim Murad com prefeito Fernando Cunha

Outra novidade este ano foi a inclusão dos blocos carnavalescos na programação. Foram cinco blocos, reunindo mais de 500 foliões, que se concentravam no sambódromo. No sábado, em especial, eles se reuniram em uma área reservada na frente do palco para se confraternizarem e deram um show de animação. Para o ano que vem a ideia é que a participação dos blocos seja ainda maior.

O agito do CarnaOlímpia começou na sexta-feira, dia 1º de março, com uma das bandas de Axé Music mais requisitadas do país. Tendo à frente o cantor e compositor Léo Cavalcanti, o grupo A Zorra levou para o palco sucessos que embalam carnavais por todo o Brasil.

No sábado, dia 2, data em que se comemorou o aniversário de 116 anos de Olímpia, a festa foi comandada por um dos grupos de pagode mais famosos do momento, o Atitude 67.

Grupo Atitude 67 com autoridades e convidados

A programação prosseguiu no domingo, dia 3, com a dupla de sertanejo universitário Bruno & Barreto.

Bruno e Barreto

Na segunda-feira, dia 4, o pagode invadiu o palco da festa com o grupo Exaltasamba, que levou grandes clássicos do samba e do pagode.

Exaltasamba

Em seguida, subiu ao palco a dupla Diego & Arnaldo, de Ribeirão Preto, que é destaque no sertanejo universitário atual.

Dupla Diego e Arnaldo

Encerrando a grade de shows, na terça-feira, dia 5, os talentos da casa José & Diogo e Wesley Matos fizeram bonito e agitaram a galera.

Prefeito Fernando Cunha abre o CarnaOlímpia e anuncia a Festa de Peão em novembro

“Quero agradecer cada um que esteve presente e colaborou com essa grandiosa festa, sejam os olimpienses, turistas e nossas equipes. O retorno do CarnaOlímpia para a economia local foi altíssimo”, comemorou o prefeito Fernando Cunha. “Muita gente lucrou: ambulantes, hotéis e pousadas, parques, restaurantes, lojistas, costureiras e outros. Pela primeira vez contamos com investimentos da iniciativa privada, por meio da Cervejaria Crystal, e alocamos poucos recursos da Prefeitura. Não tenho dúvidas de que foi o maior carnaval da história da nossa cidade, graças ao apoio de todos vocês. Vamos aperfeiçoar ainda mais”, completou o prefeito.

Para o secretário de Turismo e de Cultura, Esportes e Lazer,Selim Jamil Murad, o CarnaOlímpia foi um divisor de águas na história da cidade. “Foi um sucesso. E sucesso significa melhorar no próximo. Agradeço ao prefeito Fernando Cunha por caminhar conosco nessa ideia e fazer de Olímpia o melhor destino”. 

DESFILES

Os desfiles das escolas de samba também foram atrativos do CarnaOlímpia, este ano, com a participação de duas agremiações. Elas entraram na passarela do samba nas noites de domingo e de terça-feira, dias 3 e 5 de março.

A história de Olímpia, sua gente e suas belezas naturais foram tema da escola Unidos da Cohab. A agremiação levou  para a avenida cerca de 150 componentes. A escola desfilou com dois carros alegóricos. No primeiro carro, as cores da bandeira de Olímpia, vermelho e amarelo, além do azul das águas, que levou a cidade a ser tornar Estância Turística. Completando a alegoria, um enorme bolo de aniversário homenageando os 116 anos do município, completados no dia 2 de março. No segundo carro, o verde da natureza e as belezas naturais da Estância. A Unidos ainda levou cinco alas, com baianas, passistas, crianças e foliões, além da Rainha e do Rei momo do CarnaOlímpia, Jerusa e Ivan, e da Porta Bandeira Talita e o Mestre Sala João.

A Samba Sem Compromisso, atualmente mais antiga escola de samba de Olímpia, falou sobre a política atual do país. Com o tema “Vai Passar”, a Samba Sem levou para a avenida cerca de 100 componentes. Destaque para o carro alegórico que homenageou Décio Luis Eduardo Pereira,  o popular ‘Decinho’, que foi mestre de bateria da escola por muitos anos. Ele sofreu infarto do miocárdio aos 56 anos de idade, em janeiro de 2014.

MATINÊS

A criançada também teve programação especial no CarnaOlímpia 2019. Foram realizadas duas matinês, no domingo e na terça-feira, a partir das 16 horas. O palco da foi o novo Centro de Eventos Culturais e de Comercialização de Produtos Artesanais, na Avenida dos Olimpienses, inaugurado no sábado.

Nos distritos de Ribeiro dos Santos e Baguaçu, a folia também rolou solta, no sábado e na segunda-feira à noite e no domingo à tarde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here