Reunião discute conjuntura econômica e geração de empregos no município

0
209

Olímpia recebeu a visita do Subsecretário de Ensino Técnico, Tecnológico e Profissionalizante da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo Marco Antônio da Silva. A visita teve como intuito discutir assuntos para incentivar a economia e a empregabilidade, bem como analisar a demanda do município e os setores em desenvolvimento.

Juntamente com o Subsecretário estiveram o Diretor Municipal de Emprego e Relações Trabalho do Município de Barretos, José Carlos Ramos Junior, e o Diretor de Comércio e Indústria e Chefe e Coordenador do PAT (Programa de Atendimento ao Trabalhador) Flávio Vedovato. A visita, que foi realizada na sede da Secretaria de Agricultura, Comércio e Indústria, serviu para apresentar números do boletim da conjuntura econômica do município.

Flávio Vedovato explica que durante o encontro foi solicitado ao Subsecretário a vinda do ‘Via Rápido Emprego’. “Esse equipamento é uma carreta que percorre todo o Estado de São Paulo com condições de qualificar rapidamente a população que necessita, tendo em vista a demanda do município de Olímpia”, explica Flávio.

Outro assunto abordado no encontro foi a inovação por meio de Startups (jovens empresas que buscam inovação em qualquer ramo ou área de atividade, desenvolvendo uma ideia ou modelo de negócio que gere valor). O segmento das Startups é muito divulgado e apreciado por investidores em diversas regiões e grandes centro, sendo que este é um modelo de negócio que gera valores para os clientes.

“É um modelo escalável e repetível, o que significa que com o mesmo modelo econômico a empresa vai atingir um grande número de clientes e gerar lucros em pouco tempo, sem haver um aumento significativo dos custos. Por exemplo, ideias inovadoras na internet, principalmente associadas a tecnologias, sendo estes negócios extremamente lucrativos, e tendo financiamentos por meio de investidores, como hoje existem várias empresas no Vale do Silício”, aponta Flávio Vedovato. O Diretor também ressalta que os empreendedores devem ter em mente que a fase inicial de uma startup é sempre marcada por cenário de incertezas, ou seja, algumas ideias aparentemente rentáveis podem se revelar inaplicáveis.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação também é responsável por esta área, sendo o coordenador o Subsecretario Marco Antônio, que se colocou à disposição para atender as necessidades e estará comprometido em responde-las o mais breve.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here