O modelo de gestão implantado pelo prefeito Fernando Cunha tem feito com que a Estância Turística de Olímpia ganhe cada vez mais destaque no cenário nacional. A cidade ficou em 2° lugar no Estado e 4° no Brasil no Índice de Governança Municipal, estudo anual desenvolvido pelo Conselho Federal de Administração, divulgado nesta semana.

De acordo com o levantamento, Olímpia está entre os melhores municípios do país de 50 a 100 mil habitantes com PIB (Produto Interno Bruto) per capita acima de R$ 20 mil. À frente de cidades como Fernandópolis, Penápolis, Mirassol, Ibitinga, Tupã e Andradina, a Estância Turística só fica atrás de Votuporanga no Estado de São Paulo e de Concórdia (SC) e Lucas do Rio Verde (MT) no Brasil. O PIB do município é de R$ 35.365,78.

A dimensão “Gestão”, que colocou Olímpia – pela primeira vez na história – em quarto lugar no ranking nacional, levou em consideração o planejamento de despesas, captação de recursos, investimentos nas áreas prioritárias, número de servidores e comissionados per capita, atenção à lei geral das micro e pequenas empresas, o custo-benefício em educação e saúde, a qualidade e transparência das informações e regularidade com o CAUC (Cadastro Único de Convênios).

Além da Gestão, o IGM analisa ainda o Desempenho e as Finanças, a fim de identificar e classificar os municípios que se destacam nos diversos setores públicos, como os da educação, saúde, habitação, e gestão fiscal. Nesse sentido, Olímpia obteve o índice geral de 8,41 no IGM, com índices de 8,04 em Finanças e 8,55 em Desempenho. Em Índice de qualidade de investimento em educação, a cidade obteve resultado de 9,44, já no indicador de segurança a nota foi de 10,0, uma das maiores de todas as cidades avaliados.

O prefeito Fernando Cunha comemorou a conquista e agradeceu o trabalho de todos os secretários e servidores públicos que conquistaram a melhor pontuação da história do município no ranking do IGM. “É um título importante, que avalia a gestão pública em vários aspectos e que mostra a transparência desta gestão, principalmente em relação aos investimentos e controle dos gastos públicos, indicando mais uma vez que a Prefeitura vem fazendo todos os esforços possíveis para melhorar a qualidade de vida da população. Então, ficamos muito felizes por nossa cidade ter ficado na quarta colocação no país, porque o esforço está sendo recompensado, por todo o trabalho que nós fizemos nesses últimos dois anos à frente da Prefeitura”, afirmou.

A pesquisa pode ser acessada no site: igm.cfa.org.br.

Conheça o IGM

O IGM é um projeto da governança pública que avalia os municípios brasileiros através de três critérios básicos: Gestão, Desempenho e Finanças.

Para o Índice, o Conselho Federal de Administração relacionou diversas fontes de dados de órgãos como Secretaria do Tesouro Nacional, Ministério Público Federal, IBGE, Datasus, INEP, Firjan, entre outros.

Foram agrupados 5.570 municípios brasileiros em oito grupos com características socioeconômicas similares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here