Mergulhadores do corpo de bombeiros de Olímpia encontraram na tarde desta terça-feira, dia 20, no rio Cachoeirinha, mesmo local onde na última sexta-feira, dia 16, encontraram um veículo submerso com uma ossada em seu interior, mais vestimentas, como camisa e tênis, e também uma nova calota craniana.

Participaram das buscas sob o comando do tenente Franklin, o sargento Zanetti, e os soldados Garcia e Melo, do Corpo de Bombeiros de Olímpia.

Mais uma ossada é achada dentro do Rio Cachoeirinha — Fotos: Arquivo Pessoal/ Ricardo Freitas/Divulgação/Olímpia24h

Além das ossadas, os mergulhadores também encontraram roupas, tênis e uma mochila com acessórios, ferramentas e fiações elétricas. completando assim o segundo desde o encontro do carro dentro do Rio.

Segundo o tenente Franklin, o material já foi encaminhado para Delegacia de Polícia Civil, onde o delegado titular Marcelo Pupo já determinou a remessa para o Instituto Médico Legal.

Desta forma, com os crânios encontrados, as evidências de que se tratam dos dois eletricistas desaparecidos em 2014 se tornam mais fortes, restando novos exames de DNA e as oitivas que o delegado fará para elucidar esse misterioso fato que agora intriga Olímpia e os familiares que desde aquele ano não tinham respostas satisfatórias.

Como já noticiado pelo Diário, o delegado reabriu o inquérito desse desaparecimento.

O carro encontrado dentro do Rio Cachoeirinha foi retirado e levado para um pátio de Severínia. A lataria do veículo está enferrujada e com marcas de batidas. A Polícia Civil investiga o que aconteceu para o carro cair e ficar submerso durante sete anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here