Da Redação — Está sendo organizado um festival que pretende reunir todos os segmentos turísticos, privados e com apoio governamental (Proac), aparentemente concorrentes entre si, mas que tem um único objetivo comum: a promoção do destino da Estância Turística de Olímpia, inclusive em todo o território nacional.

O projeto artístico-cultural “Festival Vem Pra Olímpia (Mixtureba Cultural)”, da Tuti Negócios Inteligentes, foi aprovado para captação de recursos na ordem de R$ 391.710,00, sendo publicado no Diário Oficial da União no último sábado.

20151759556_8a449375bf_b

”A Mixtureba Cultural terá como lema firmar o binômio cultura/progresso econômico, o único que fará com que Olimpia não repita modelos obsoletos”, afirma o presidente da Tuti, advogado Caia Piton, ao Diário, ao lado de Edna Chirolin, subsíndica do Condomínio Thermas Olímpia Resort e que esteve no time quando da realização do 8º Festival Internacional de Folclore (Fifol), com apoio do Tuti e Thermas dos Laranjais, e que também é uma das coordenadoras deste novo Festival a ser realizado em Olímpia. “Vamos além dos anseios pessoais, políticos e localizados”, garante Caia. E, acrescenta: “Vamos buscar o apoio dos demais hotéis, Resorts e pousadas da cidade. O evento nasceu no Tuti, mas é para todos, afinal o destino Olímpia também é para todos, temos de parar de pensar em si, e avançarmos no todo”.

19991405469_d5303f8a55_o

“A nível cultural e de cidadania, Olimpia está começando a enxergar, que turismo traz progresso, porém, que progresso traz, por sua vez, também a necessidade premente de firmar identidade. Muitos ainda acham que somos uma terra esquecida, porém, a realidade é outra, os olhos da ganância estão atentos ao progresso que não se pode usurpar”, lembra o presidente da Tuti.

19990026000_99c6be6af3_oEle explica ao Diário que, com a autorização governamental para realização do Festival Vem Pra Olímpia (Mixtureba Cultural), “esperamos várias parcerias com os grandes investidores da cidade. A festa terá a implementação cultural de vários grupos folclóricos, escolas de samba, e atrações de peso da cultura brasileira.

O projeto visa, ainda, a realização de um show aberto com artista de renome, que ainda está sendo pesquisado qual seria, “para que ecoe como viral nas redes sociais, meses antes do Festival, inclusive, como o primeiro grande show aberto ao público a nível de estádio, ou qualquer outro lugar, maior ainda, a céu aberto e de graça”.

“A realização desse Festival, segundo os organizadores, será em ‘território neutro’, para participação de todos os segmentos que aderirem”, ressalta Edna Chiorlin.

E o presidente do Tuti, conclui: “Agora que recebemos a aprovação governamental, vamos desenvolver o projeto, esmiuçá-lo, e levá-lo para todos os que quiserem participar, tendo em vista, não o próprio interesse, mas o coletivo, da Estância Turística como um todo, deixando de lado a filosofia da festa que objetiva determinado lucro e depois ninguém mais fala dela, nem da cidade, queremos um Festival que não repita velhas fórmulas, mas se adapte à necessidade de mudança da mentalidade da cidade, hoje uma Estância que recebe mais de dois milhões de turistas por ano”.

20183665841_770a744c79_o

Assim, o setor privado começará a ser procurado para que o Festival Vem Pra Olímpia (Mixtureba Cultural), seja realizado em meados do segundo semestre deste ano, provavelmente após o período eleitoral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here