O prefeito Fernando Cunha, de Olímpia, concedeu entrevista exclusiva ao Diário de Olímpia, em seu gabinete, na tarde de ontem (9), onde fez um balanço dos efeitos da pandemia do novo Coronavírus desde quando os primeiros casos apareceram em abril, e que até ontem à tarde, se somavam 74 positivos e três óbitos.

A entrevista foi realizada com todos os protocolos exigidos, como distanciamento, higienização dos equipamentos, uso de microfone ‘boom’ (longa distância) e equipe com máscaras, exceto, a pedido do Diário, o prefeito retirou a sua máscara para melhor entendimento de suas declarações.

Fernando comentou sobre o processo de flexibilização econômica, inclusive hoteleira e dos parques, a volta às aulas (agora, sistema misto na visão do Governo do Estado), o Festival do Folclore que será, ao contrário do que foi divulgado e gerou mais críticas do que elogios, totalmente digital e se dará em um estúdio, as ações que deverão ser tomadas para a ‘segunda pandemia’ – a econômica, e, por fim, as eleições, que ocorram em outubro ou em dezembro, ele participará como candidato à reeleição.

E volta a insistir no uso das máscaras e demais medidas de distanciamento social e de higiene para que Olímpia continue sendo uma das 10 cidades brasileiras em que menos a pandemia causou doentes graves e óbitos, conforme pesquisa nacional recentemente divulgada, inclusive por este Portal.

O Diário ao Vivo, programa levado ao ar nas redes sociais do Diário de Olímpia, trouxe nesta quarta (10), com exclusividade, essa entrevista. Se você perdeu, assista abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here