Com G1 — “Vou ter esperança até o último momento e ainda espero que ele esteja entre os sobreviventes”, diz a irmã de Ailton Cesar Junior Alves da Silva, o Canela, Daiane Cristina da Silva. Natural de Matão (SP), o jogador estava no avião da Chapecoense rumo a Medellín, na Colômbia, e brincou com a equipe antes do embarque.

Canela jogou no Olímpia Futebol Clube (OFC) na temporada 2014, sendo um dos dois jogadores que pintou o cabelo de branco no Estádio Tereza Breda (o outro foi Fumaça), na posição de atacante.

Depois de jogar no Monte Azul Paulista, Canela veio defender o OFC e, na sequência, Botafogo e Chapecoense. De boa índole, Canela queria doar 30% de seu passe para o OFC, mas um padre de Pirangi que detinha os direitos sobre ele impediu a transação.

A família aguarda mais informações sobre o acidente.

“A gente só sabe o que está passando na TV. Minha última conversa com ele foi ontem, a gente sempre trocava mensagem, mas ontem a gente conversou pouco porque eu sabia que ele ia viajar e depois não tive mais noticias, só agora de madrugada, quando ligaram para o meu pai falando sobre o acidente”, contou.

“Minha mãe mora em Chapecó junto com ele. Meu pai tem 72 anos e para ele ir de carro vai ficar dois dias praticamente viajando, então não sabemos o que vamos fazer. Minha mãe está muito mal, realmente destruída, sem saber o que fazer, e meu pai está na mesma situação. Ele tenta ser forte por causa de nós, mas está muito mal, a gente consegue sentir”.

Acidente

O avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira (29), informam autoridades colombianas. Segundo autoridades colombianas, há 76 mortos e cinco sobreviventes. O avião da LaMia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com 81 pessoas a bordo: 72 passageiros e 9 tripulantes.

Segundo informações do Bom Dia Brasil, o diretor de um hospital envolvido no socorro disse que apenas cinco pessoas sobreviveram ao acidente. São eles: os jogadores Alan Ruschel, Danilo e Follmann, o jornalista Rafael Henzel e um comissário. Uma sexta pessoa chegou a ser socorrida com vida, mas morreu no caminho para o hospital.

O ex-jogador Mario Sergio, comentarista do canal FoxSports, também está entre as vítimas, segundo o Bom Dia Brasil.

Os jogadores da equipe de Santa Catarina são os goleiros Danilo e Follmann; os laterais Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo; os zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto; os volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco; os meias Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here