O prefeito Guilherme Ávila vê equívoco em informações fornecidas para avaliar a situação da região de Barretos no Plano SP de flexibilização. 

Segundo ele nos próximos dias será possível comprovar ao governo do estado que a cidade de Barretos tem índices favoráveis para manter o comércio funcionando de maneira restrita. As informações são do jornal O Diário de Barretos

Como se sabe, Barretos é sede da regional administrativa de governo estadual em que Olímpia está inserida e, de acordo com o que foi anunciado ontem (10) pelo governador João Dória, a regional despenca da fase 3 para a fase 1, ou seja, da flexibilização média para o rigor máximo, onde nada se abre, de segunda-feira (15) ao final deste mês.

“Nós constatamos que houve equívoco em informações fornecidas para a composição de um dos cinco índices que avaliam a situação do município e da região, pois Barretos está numa condição ainda privilegiada no que diz respeito a número de leitos, registros de novos casos confirmados e de novos óbitos. Com a correção dos números, e atualização dos índices, é que será decidido se adotaremos medidas ainda mais restritivas”, revelou Guilherme.

O prefeito reiterou que conta com a ajuda da população neste momento, para que todos permaneçam em casa neste feriado prolongado. “Quanto menos gente circulando, menor é o contágio, mais índices positivos conseguiremos e mais rápido teremos a retomada da economia local”, reorçou. Uma coletiva de imprensa está prevista para segunda-feira (15) onde deverão ser divulgados todos os atos municipais para o enfrentamento da pandemia nas próximas semanas.

EM OLÍMPIA

Já em Olímpia, o prefeito Fernando Cunha promete para esta sexta-feira (12) decretos em que poderá, ou não, seguir os ditames de Dória.

Ao que tudo indica, como se afirma no popular, o prefeito olimpiense poderá ‘peitar’ essa interpretação, que, como o Diário já anunciou ontem, ele também discorda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here