Na última sexta-feira (17), 40 olimpienses, em sua maioria mulheres, foram convocados pelo Bolsa do Povo Trabalho, do Governo do Estado de São Paulo, sob gestão da secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado e em parceria com a Secretaria da Assistência Social, com o objetivo de proporcionar a integração profissional e renda aos cidadãos com cursos de aperfeiçoamento de duração de cinco meses e bolsa-auxílio de R$ 535 ao mês.

Esses candidatos se inscreveram no programa de 24 de agosto a 3 de setembro e foram selecionados, participaram da primeira reunião com apresentação das diretrizes do programa, no CRAS do bairro Santa Ifigênia.

O Bolsa Trabalho além da retomada das pessoas ao mercado de trabalho é também uma estratégia no enfrentamento ao crescimento acelerado da pobreza e da vulnerabilidade no Estado, pós-pandemia. As aulas acontecerão cinco dias da semana, em quatro horas diárias, em período a ser definido.  O curso de aperfeiçoamento profissional além de ação funcional, certificará os participantes.

O secretário da Assistência Social João Batista Dias Magalhães espera que a ação resulte na geração de empregos e na inserção dessas pessoas ao mercado de trabalho. “Nós temos uma parceria com o governo do Estado, que nos últimos dois, três meses criou um programa abrangente. A secretaria da Assistência Social aproveitou que o governo do Estado ampliou este programa, que já demanda bastante possibilidade de geração de emprego, através de estágios, bolsas e trabalho e absorveu, por ser interessante para o momento que nós estamos vivendo no município. A nossa função pública de Prefeitura e de Secretaria, é quando surge essas oportunidades colocar à disposição. O programa vai oportunizar as pessoas que estejam desejosas, a voltar ao mercado de trabalho”, explicou o secretário.

O curso de aperfeiçoamento técnico espera também resgatar a confiança do cidadão, que neste período de pandemia ficou desestabilizada com o afastamento do trabalho. “Queremos demonstrar para eles que eles são capazes. Nós temos uma vocação econômica significativa no município de Olímpia que é o turismo. O turismo precisa ser incorporado pela nossa sociedade, principalmente a classe trabalhadora e ela aproveitar essas oportunidades”, concluiu João Magalhães.

As aulas acontecerão em EAD (ensino a distância), no próprio site do governo do Estado, junto ao Programa Bolsa do Povo, no endereço eletrônico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here