O Programa Direção Segura – ação coordenada pelo Detran para a prevenção e redução de acidentes e mortes no trânsito causados pelo consumo de álcool combinado com direção – autuou 10 pessoas em operações de fiscalização da Lei Seca realizadas em Olímpia entre a noite de sexta (19) e a madrugada deste sábado (20).

Durante as blitze, realizadas em dois pontos da Avenida Aurora Forti Neves, foram aplicados, ao todo, 81 testes do etilômetro (conhecidos por bafômetro).

Um condutor foi autuado por embriaguez ao volante e terá de pagar multa no valor de R$ 1.915,40 e responder a processo administrativo junto ao Detran.SP para a suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Além dessas penalidades, esse motorista responderá na Justiça por crime de trânsito. Ele apresentou índice a partir de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro. Se condenado, poderá cumprir de seis meses a três anos de prisão, conforme prevê a Lei Seca, também conhecida como “tolerância zero”.

Outros nove condutores foram autuados deacordo com o artigo 277 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) por terem se recusado a realizar o teste do etilômetro. Eles também serão multados em R$ 1.915,40 e respondeão a processo administrativo para a suspensão do direito de dirigir por um ano.
Ação integrada – Lançado no Carnaval de 2013, o ProgramaDireção Segura integra equipes do Detran.SP, das polícias Militar, Civil e Técnico-Científica, e do Corpo de Bombeiros.

Pela Lei Seca (lei 12.760/2012), todos os motoristas flagrados em fiscalizações têm direito a ampla defesa, até que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) seja efetivamente suspensa. Se o condutor voltar a cometer a mesma infração dentro de 12 meses, o valor da multa será dobrado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here