Em razão do estado de saúde do padre Carlos Fischer, o bispo diocesano, Dom Milton Kenan Júnior, nomeou na manhã de hoje (4), por tempo indeterminado, dois padres para exercerem as funções do sacerdote até a sua total recuperação e possa retomar seu ofício.

Como administrador da Paróquia Nossa Senhora da Abadia de Cajobi, foi nomeado o padre Rafael Lourenço, vigário geral da diocese e pároco da Catedral, e como chanceler “ad nutum Episcopi” o padre Luís Fernando Nascimento, vigário paroquial da Paróquia Sant’Ana de Ipuã.

Segundo o bispo diocesano, “estas nomeações cessam quando o padre Carlos estiver em condições de retomar seus ofícios”. O presbítero permanece internado no Austa Hospital em São Jose do Rio Preto, desde a madrugada do dia 27 de fevereiro, após sofrer um acidente vascular por uma má formação nas artérias do cérebro que se romperam.

O último parecer médico, divulgado ontem no início da noite, conforme havia sido planejado, foi tirada a sedação do padre Carlos e é preciso aguardar, com paciência, até que sejam amenizados os efeitos dos medicamentos para que ele possa retomar a consciência. Os exames revelaram que houve diminuição no edema cerebral, o que é um grande progresso, pois confirma que não há mais derramamento de sangue e que o cérebro está se recuperando. O líquido ainda continua a ser drenado do cérebro, mas a pressão intracraniana está estável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here