A partir da meia-noite de quarta-feira (17) passa a valer o “lockdown” em São José do Rio Preto (SP), segundo a prefeitura. A medida foi aprovada em uma reunião de emergência realizada no domingo (14) e tem o objetivo de tentar conter o avanço da Covid-19 no município.

Ficou decidido ao final do encontro, por unanimidade, que a única possibilidade de conter o avanço do vírus é adotar um lockdown no município.

Diante de um alerta dos técnicos da necessidade de regionalizar as medidas, o prefeito Edinho Araújo se reuniu, de forma virtual, nesta segunda-feira (15), com os prefeitos da região para sugerir que as ações possam ser seguidas pelas cidades vizinhas.

Em nota na manhã de hoje, e diante de informações desencontradas nas redes sociais, a secretaria de Saúde de Rio Preto esclareceu que a data de início do lockdown será às 00h de quarta-feira (17), e que o conjunto de medidas do decreto está sendo definido e será apresentado até o final do dia aos prefeitos da região.

As dúvidas recaem sobre serviços essenciais de alimentação, sendo que a Prefeitura ressaltou que “podemos adiantar que os supermercados, mercearias e os mercados de bairros poderão trabalhar com sistema de entrega (delivery) uma vez que são essenciais para manter o abastecimento de alimentos”.

Finalmente, o decreto trará medidas mais restritivas nos cinco primeiros dias (de 17 a 21 de março) prevendo a partir dai a flexibilização gradativa de alguns serviços.

OLÍMPIA

Também não está descartado o ‘lockdown’ em Olímpia se os números agravarem, além da UTI que já se encontra em 100%, mas a enfermaria oscila além dos 80% de ocupação na Santa Casa local. O Diário ouviu fontes que confirmaram que pode ocorrer, mas que por enquanto não foi discutido.

Para o bate-papo com o Edinho, só foram convocados os prefeitos da regional de Rio Preto. O tema deverá envolver, oportunamente, a região de Barretos, onde está inserida Olímpia, e o prefeito Fernando Cunha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here