O juiz da Vara Criminal do Fórum da Comarca de Olímpia, Ayman Ramadan, exarou sentença ontem (9) em que favorece o ex-prefeito, hoje deputado federal, Eugênio José Zuliani, e os então servidores da Prefeitura de Olímpia, Camila Recco Braz e Gustavo Matias Perroni, então acusados de crime de falsidade ideológica pelo Ministério Público. Ambos eram comissionados. Camila era diretora de departamento e Gustavo assessor de Secretaria.

O juiz considerou que houve desvio de função e finalidade, mas não crime de falsidade ideológica. Tudo por causa do uso indevido de um token.

Confira como foi o caso e a sentença do juiz:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here