O Instituto do Câncer do Estado de São Paulo listou algumas recomendações para garantir o bem-estar e a continuidade do tratamento de pessoas em tratamento contra o câncer que vão viajar no feriado de Carnaval.

É fundamental comunicar o médico da decisão e estar atento às orientações do especialista. “Desde que o médico seja informado sobre o passeio e esteja de acordo, não há impedimento algum para que a pessoa com câncer viaje”, diz a diretora de corpo clínico do Instituto do Câncer, Maria Del Pilar Estevez Diz.

De acordo com a oncologista, os tratamentos de alguns tumores específicos impactam na baixa da imunidade do paciente e, portanto, é importante evitar grandes aglomerações comuns à época.

Galeria de fotos Icesp.
DATA: 23/01/2013. LOCAL: Sao Paulo/SP
FOTO: DU AMORIM/A2FOTOGRAFIA

Mesmo com as alterações na rotina e possíveis longos períodos fora de casa, respeitar as recomendações médicas e ter em mãos as medicações, tanto as de uso contínuo, como as sintomáticas, utilizadas em caso de dor, náusea ou febre, são providências das quais o paciente não pode abrir mão.

Além disso, a hidratação adequada, com ingestão de bastante líquido, o uso de filtro solar e chapéus para se proteger do sol e o consumo de alimentos frescos – e de procedência confiável – são cuidados que valem para todos.

“Sair da rotina não pode ser sinônimo de se descuidar da saúde. Por isso, o paciente precisa estar sempre atento ao seu corpo. O aparecimento de febre igual ou superior a 37,8ºC (medida embaixo das axilas), principalmente durante o tratamento quimioterápico, é um sinal de alerta e pode indicar a necessidade de procurar o serviço local de saúde”, comenta a especialista.

O Instituto do Câncer está vinculado à Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP,

DICAS:

Antes de viajar

  • Consulte seu médico antes da viagem para garantir de que o passeio não irá interferir no tratamento;
  • Tenha cópias de seus exames mais recentes e, se possível, uma carta do médico que o acompanha com resumo de seu diagnóstico e tratamento;
  • Separe seus remédios e certifique-se de levar um pouco a mais do necessário para o período da viagem, caso haja algum contratempo;
  • Em caso de viagens de avião, leve os medicamentos sempre na bagagem de mão e nas embalagens originais, para evitar problemas com a alfândega.

Durante a viagem

  • Diminua as chances de contrair infecções. Dê preferência a bebidas engarrafadas e alimentos bem cozidos;
  • Caso se sinta indisposto, reduza o ritmo das atividades e descanse;
  • Se estiver viajando de avião, tente se levantar e caminhar um pouco a cada uma hora para melhorar a sua circulação;
  • Mantenha-se hidratado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here